Pode-se dizer que personal branding é a gestão da marca pessoal, com o objetivo de ajudar o público a entender de maneira clara tudo o que você tem a oferecer, trabalhando ao máximo para que a imagem desejada seja projetada na mente da sua audiência.

Pense em produtos e serviços no seu cotidiano e como você tende a associá-los a pessoas específicas que tenham feito o atendimento esperado. Por isso, mesmo que você ainda esteja iniciando, é possível trabalhar o personal branding e impactar os demais.

Neste texto, apresentaremos qual a importância da marca pessoal e como criar uma personal branding. Quer saber como fazer isso? Então, veja em detalhes todas as dicas que preparamos. Boa leitura!

Qual a importância da marca pessoal?

Como visto anteriormente, é muito importante que você seja lembrado e consiga trabalhar para que a imagem desejada seja passada para sua audiência. Normalmente, as pessoas escutam e consideram as recomendações feitas por outros, não por empresas.

É por isso que os consumidores tendem a buscar no Google e nas redes sociais se os produtos ou serviços de determinada empresa são confiáveis. Quando outras pessoas confirmam uma experiência agradável, a tendência é que passem pelo processo de compra sem medo. Se, por outro lado, as experiências forem ruins, as chances de alguém ter desconfiança são maiores.

Além disso, vale a pena lembrar que até mesmo as redes sociais, como o Facebook, tendem a limitar o alcance que uma empresa tem, com o intuito de aumentar a interação entre os perfis pessoais.

Ou seja, é fundamental ter influência para que as pessoas possam parar para ouvir tudo o que tem a dizer a elas. Diferentemente do que pode imaginar, trabalhar o personal branding não está relacionado a publicar sobre você e sua qualidade, mas em fazer com que as pessoas percebam isso em você.

Fale com um especialista donaficaPowered by Rock Convert

Como criar uma personal branding?

Para alcançar os resultados que deseja, veja algumas dicas muito úteis.

1. Defina quais são os seus objetivos

Para começar, é necessário saber qual é o valor que deseja que as pessoas associem a você, bem como quem é o público que associará esse valor (conhecido como persona).

Com essas informações, faça uma pesquisa para descobrir se a forma com que você deseja ser visto está em sintonia com a maneira que já é lembrado agora. Dessa forma, ficará mais fácil entender quais são as mudanças que precisarão ser realizadas.

2. Crie uma história

Também chamada de storytelling, ela auxilia que os consumidores possam se identificar com o que deseja passar. Mas vale lembrar que a história precisa ser real. Ou seja, você precisa se portar da maneira retratada.

Ao contar uma história, você não está se autopromovendo, mas usando suas experiências para agregar valor, ensinar e ainda aumentar a identificação.

3. Esteja em uma rede social

Para que seja possível promover sua marca pessoal, é necessário ter visibilidade. E uma das principais maneiras de fazer isso é estar nas redes sociais em que seu público está. Lembre-se de que não é interessante ter contas em várias redes se você não é capaz de nutri-las ou interagir com os usuários. Para entender quais são os melhores locais, faça uma pesquisa para compreender quais são os mais importantes para o seu público.

Para trabalhar seu personal branding, planeje-se para executar as melhores estratégias. Nesse sentido, é interessante contar com a ajuda de uma agência que tenha o know-how necessário. Uma delas é a Donafica, que tem as soluções que você precisa para gerenciar sua marca da melhor maneira possível.

Quer saber como? Então, entre em contato agora mesmo conosco e saiba todas as maneiras que nós temos para ajudar você. Esperamos seu contato!