O neuromarketing é junção da psicologia, neurociência e do marketing no planejamento de estratégias capazes de impactar a comunicação com o cérebro humano por meio de estímulos externos. O seu uso tem como objetivo compreender os fatores capazes de influenciar o consumo e as decisões de compra.

As técnicas utilizadas na produção de peças de comunicação baseadas em neuromarketing têm um potencial de persuasão para estimular o consumo de determinada marca muito maior que as campanhas que não se valem da estratégia.

Criamos este post para ajudar você a compreender como aplicar o neuromarketing em seus negócios e quais são os benefícios de fazer isso. Leia até o fim e aumente o seu potencial de vendas!

Conheça os modos mais comuns de aplicar o neuromarketing nos negócios

A neurociência estuda o sistema nervoso central buscando compreender a sua formação, estrutura e funcionamento. Desse modo, ela se torna capaz de reconhecer os mecanismos que influenciam na formação do pensamento e, consequentemente, no comportamento humano.

Quando ela é aplicada no marketing, revela os elementos mais eficientes na persuasão do consumidor, capazes de estimular a sua decisão de compra e de estreitar o seu relacionamento com uma marca. Conheça os mais utilizados nos tópicos a seguir.

Psicologia das cores

Várias pesquisas científicas já comprovaram os efeitos das cores no cérebro humano e desde que o marketing e a publicidade existem, elas são utilizadas para influenciar o consumo. Um dos maiores exemplos dessa utilização é a identidade visual da maior marca de fast-food do mundo, o McDonald’s que adotou as cores vermelha e amarela que estimulam a fome.

Por exemplo, a cor verde desperta a atividade cerebral (fisiológico), traz a sensação de frescor (cinestésico), está associada à natureza (material) e, quando em um sinal de trânsito, ela significa que você deve andar (psicológica). Para uma pessoa que já sofreu um acidente envolvendo um carro verde, ela pode despertar o medo (emocional).

Ou seja, as cores são capazes de despertar reações fisiológicas, sensações cinestésicas e associações emocionais, psicológicas e materiais. Experimente fazer esse exercício com outras cores e descubra como eles podem ser eficientes na arte da persuasão.

Fale com um especialista donaficaPowered by Rock Convert

Storytelling

Desde que o mundo é mundo que contar histórias prende muito mais a atenção do ser humano que uma lista de informações absolutamente técnicas. Portanto, nada mais eficiente para apresentação de um produto e seus benefícios que fazer isso dentro de uma história.

Na era do conteúdo, na qual a disputa pela atenção do público está cada vez mais acirrada, abordá-los de maneira menos objetiva e mais subjetiva, entrando no imaginário das pessoas com boas histórias que envolvam o seu produto ou serviço, é uma ótima estratégia.

Desse modo, de forma lúdica, você fará com que se identifiquem com as situações descritas e descubram como aquilo que você vende é capaz de ajudar na solução de seus problemas e necessidades.

Gatilhos mentais

Os gatilhos mentais são os mais utilizados em campanhas de marketing e são extremamente eficientes quando bem empregados. Com eles, é possível criar urgência, dar a sensação de escassez, demonstrar autoridade, criar uma prova social, gerar a necessidade de novidade, entre outras coisas com as quais você se depara todos os dias e influenciam as suas decisões de compra sem que você perceba.

Basta pensar em frases como, “últimas unidades”, “só até amanhã”, “chegou o novo modelo X”, “milhares de pessoas já compraram”, “o Dr. Fulano, especialista no assunto, concorda”, entre tantas outras menos comuns, mas que nem por isso deixam de estar presentes em nosso dia a dia.

Saiba quais são os benefícios da aplicação do neuromarketing

O neuromarketing traz diversos benefícios quando utilizado em um negócio, tornando quase um desperdício a criação de qualquer tipo de comunicação sem ele. Veja alguns dos seus benefícios mais evidentes:

  • melhora a experiência do consumidor;
  • ajuda na tomada de decisões;
  • cria de campanhas mais efetivas;
  • aumenta as vendas;
  • estreita o relacionamento com o cliente.

Como você pôde perceber ao longo deste post, o neuromarketing é um importante aliado nas estratégias de comunicação da sua empresa, podendo ser empregado, até mesmo, na sua marca pessoal. Portanto, não deixe de incluí-lo nas suas próximas campanhas.

O que você achou do uso do neuromarketing? Tem alguma opinião sobre o assunto? Conte para nós nos comentários deste post! Ficarmos muito felizes em saber o que você pensa sobre o assunto!