Você consegue imaginar-se comprando algo sem antes dar uma pesquisada na internet? Pois essa tem sido uma parte importante do comportamento de consumo nos últimos anos. E a presença dos meios digitais na jornada de compra é o que difere o marketing tal como conhecíamos do marketing 4.0.

Você até pode estar imaginando que isso já não é mais novidade, porém ainda existem gestores de empresas que não se deram conta de que, se não estiverem presentes online, terão como consequência as vendas reduzidas. E, em um futuro próximo, poderão até desaparecer do mercado.

Mesmo que o seu concorrente ainda não esteja utilizando as técnicas do marketing 4.0 ― o que é bem pouco provável ― você não deveria perder essa excelente oportunidade de sair à frente e se diferenciar. Por isso, continue a leitura deste post e entenda o que é o marketing 4.0 e como aplicá-lo para melhorar os resultados da sua empresa!

O que é marketing 4.0?

De acordo com Philip Kotler, o marketing 4.0 chega com a revolução digital nas empresas. Ou seja, ele é voltado a um novo comportamento de consumo, causado pelos impactos da transformação digital na vida, nos hábitos e nos costumes das pessoas.

A conectividade é o ponto-chave do marketing 4.0, que não se resume a ferramentas como o e-mail marketing e as redes sociais. O que, de fato, muda é o senso de comunidade que passa a existir e a sua influência nas decisões individuais, assim como os pequenos negócios, que têm ganho mais espaço, mesmo diante das gigantes, no relacionamento entre marca e consumidor.

Portanto, o marketing 4.0 é o uso da tecnologia pelas empresas que desejam adaptar-se a esse novo contexto de consumo.

Quais são as mudanças causadas pela tecnologia no marketing?

No primeiro estágio do marketing, o 1.0, existiam poucas opções de consumo, e ele era focado no produto e nos processos de produção. A concorrência era baixa e, portanto, o consumidor era levado a comprar aquilo que era ofertado pelas empresas.

No marketing 2.0, surgia a segmentação de mercado, a concorrência se tornava maior, e a construção de uma marca forte começava a ser levada em consideração. Os consumidores passaram a comprar a marca, e não mais o produto.

Fale com um especialista donaficaPowered by Rock Convert

No marketing 3.0, a personalização ganhou vez. O surgimento da tecnologia permitiu um maior conhecimento dos consumidores pelas marcas e, ainda, deu voz a eles, que passaram a ser vistos como seres humanos com desejos, necessidades e anseios.

No marketing 4.0, tudo isso converge para a relação entre ser humano e tecnologia, no esforço contínuo das empresas em criarem uma personalidade para suas marcas, sem deixar de entender o comportamento humano nesse contexto.

Quais são os impactos do marketing 4.0 nas empresas?

Mesmo quando o marketing tradicional é utilizado como prioritário, em algum momento, o consumidor buscará pela reputação da marca no universo online. E se não encontrar nada, duvidará, até mesmo da sua existência.

A necessidade da presença digital e do uso da tecnologia na aproximação dos consumidores, para empresas, marcas e produtos, é um dos principais impactos do marketing 4.0. Por isso, a melhor forma de se adaptar a ele é se rendendo a essa realidade.

Se você ainda não tem, trate de providenciar urgentemente para sua empresa: site/blog, perfis nas redes sociais relevantes para o seu negócio, boa estratégia de e-mail marketing e o que mais a tecnologia oferecer para aproximá-lo de seus clientes.

Quais são as principais tendências de marketing?

Cada vez mais, as empresas tratarão seus clientes menos como massa e mais como seres humanos. O achismo tende a desaparecer, dando lugar às decisões embasadas em dados que só são possíveis de serem coletados graças à tecnologia.

São esses mesmos dados que tornam possíveis avanços como a inteligência artificial, que busca tornar a tecnologia cada vez mais próxima do ser humano.

Como você pôde ver ao longo deste post, o marketing 4.0 já deixou de ser uma tendência e se tornou uma realidade que veio sendo construída ao longo dos anos. Porém, hoje, não há mais como fugir dela para sobreviver no mercado.

Agora que você já entende o que é o marketing 4.0, precisa conhecer sobre o que é marketing por dados.