Se você ainda não sabe o que é marketing de performance, precisamos resolver isso o mais rápido possível. Afinal, trata-se de uma revolução na comunicação digital e no jeito de fazer anúncios.

Isso se dá pelas grandes vantagens que essa disciplina do marketing digital oferece e seu foco completamente voltado para resultados (daí o nome da modalidade).

Ficou curioso para saber mais e já começar a implementar em sua empresa? Então, continue conosco e entenda melhor o assunto.

O que é marketing de performance?

Trata-se de uma categoria do marketing digital que reúne um conjunto de estratégias voltadas para resultados. Seu foco está no retorno que um anunciante tem em relação aos custos investidos na estratégia, pagando pelo desempenho da publicidade.

Ele é muito importante devido à sua capacidade de mensuração, oferecendo diversas métricas que permitem que as ações sejam cada vez mais certeiras com relação ao objetivo esperado.

Isso ocorre porque as mídias de performance, como Instagram Ads, Facebook Ads e Google Ads conseguem gerar relatórios e dados que apontam todas as ações dos clientes em um anúncio, como cliques, acesso ao site e finalização da compra.

Ou seja, a ideia é analisar toda a performance de uma campanha, oferecendo dados estratégicos para que o orçamento em marketing seja cada vez mais assertivo e possa ser investido nos canais e formatos mais eficazes e com melhor retorno.

Quais são suas vantagens?

O marketing de performance é muito importante para as empresas, pois é diferente dos formatos mais antigos de anúncios, como em rádio e TV, em que não é possível medir com exatidão os impactos e resultados.

Ao utilizar as facilidades da mídia digital, esse modelo consegue acompanhar o trajeto do cliente. Assim, fica mais fácil de perceber em que estágios do processo é preciso fazer ajustes para melhorar a performance.

Vantagens que merecem destaque:

Fale com um especialista donaficaPowered by Rock Convert
  • mensuração de resultados das ações online;
  • melhora na tomada de decisões;
  • facilidade para calcular o ROI (Retorno Sobre o Investimento);
  • mais chances de atrair leads qualificados;
  • possibilidade de intervenção rápida diante de resultados aquém do esperado;
  • risco baixo com investimento menor.

Como implementar?

Agora que você já viu o quanto o marketing de performance pode ser excelente para seu negócio, confira nossas dicas para já começar a implementá-lo.

Defina seus objetivos

Toda campanha precisa ter uma meta clara, para que depois seja possível mensurar seu sucesso. Diversas plataformas de anúncios já exigem que no momento de configuração das campanhas sejam apontados quais são seus objetivos.

Algumas metas bastante comuns nas mídias digitais são engajamento, geração de leads, tráfego para o site e vendas.

Escolha os canais

Para isso, é preciso conhecer quais são as opções e como cada uma funciona. Essa é a etapa em que você deve avaliar as formas de anúncio, qual o público-alvo e qual o faturamento das mídias disponíveis.

Determine o público-alvo

É extremamente importante iniciar uma campanha tendo clareza sobre com quem a empresa está se comunicando. A definição de personas é o que permite que seu anúncio fale diretamente com seu potencial consumidor.

A ideia é falar com alguém, dando a sensação de proximidade com o cliente em potencial, e não com um grupo. 

Tenha um budget

Somente ao saber quanto poderá ser investido na campanha é possível definir quais serão as ações. Afinal, pode-se usar mais de uma estratégia, cada uma com um custo diferente. É necessário que o budget seja definido no momento do planejamento, para orientar as tomadas de decisão.

Envolva a empresa

É fundamental que toda a empresa esteja engajada nas campanhas para alcançar o resultado esperado. Mais do que isso, é necessário que todos os departamentos estejam preparados para atender às demandas que surgirão.

Depois de lançada a campanha, é hora de atenção às principais métricas, como CPC (Custo por Clique) e CPL (Custo por Lead), além de tempo no site, número de novos usuários, entre outros. A partir daí, pode-se definir quais são as fontes de tráfego com melhor performance e quais novas ações podem ser iniciadas.

Gostou de saber um pouco mais sobre marketing de performance? Então acreditamos que também poderá se interessar pelo nosso artigo que ensina como escolher a melhor ferramenta de automação de marketing. Não deixe de ler!