Só quem trabalha com vendas complexas entende o quanto pode ser desgastante a rotina de um vendedor. Deslocamentos constantes, esperas intermináveis pelo cliente que, às vezes, nem chega a atender, reuniões de apresentação improdutivas, entre muitos outros inconvenientes que aumentam custos e reduzem a produtividade.

Nesse cenário, entender o que é inside sales é o primeiro passo para melhorar os processos de vendas da sua empresa e, consequentemente, aumentá-las significativamente. Esse método comercial ajuda no dia a dia dos vendedores e, ainda, proporciona um relacionamento muito mais próximo e personalizado com os clientes e leads.

Por isso, preparamos este post que explicará o que é inside sales, quais são os benefícios da sua implementação na empresa e como colocá-lo em prática. Então, continue a leitura e saiba como alavancar as suas vendas. Confira!

O que é inside sales?

Inside sales é uma metodologia de vendas que, com a ajuda da tecnologia, traz a prospecção, abordagem, apresentação do produto e fechamento do negócio para dentro da empresa. Com ele, o vendedor tira proveito dos recursos tecnológicos disponíveis para atender seus clientes remotamente, ganhando flexibilidade e tempo para dar a ele um maior suporte.

Quais os benefícios de adotar esse modelo de vendas?

Além do melhor atendimento ao cliente, existem muitos outros benefícios na implementação dos modelos de inside sales na sua empresa. Confira alguns deles!

Redução de gastos

As reuniões presenciais que, normalmente, exigem um alto investimento em recursos para o deslocamento do vendedor são substituídas por conversas online, por meio de recursos como o Skype, Hangouts e, até mesmo, o WhatsApp.

Desse modo, o custo dos encontros do vendedor com o cliente são reduzidos a quase zero, principalmente quando se tratam de relações interestaduais ou internacionais. O desperdício com viagens improdutivas deixa de existir.

Fale com um especialista donaficaPowered by Rock Convert

Otimização do tempo do vendedor

Sem a necessidade de se deslocar por grandes distâncias, sujeitos ao trânsito e até à disponibilidade do cliente, o vendedor ganha mais horários disponíveis para atendimento em sua agenda comercial. O que, além de torná-lo mais produtivo, flexibiliza seu tempo para o cliente.

Aumento da produtividade

Com mais tempo disponível, o ganho em produtividade é inegável e uma consequência óbvia. O vendedor se torna capaz de atender muito mais clientes por dia, além de sobrar mais tempo para que se dedique à elaboração de apresentações e propostas mais personalizadas.

Menor desgaste do profissional de vendas

Muitas vezes, as visitas presenciais, além de trânsito e distância, envolvem também um longo tempo de espera pela disponibilidade do cliente. Desse modo, essas situações desgastantes são capazes de reduzir muito a motivação do vendedor para o fechamento do negócio.

Ampliação do foco nas vendas

Com mais tempo e estímulo, o profissional de vendas se torna mais focado na venda em si, podendo parar de se preocupar com questões operacionais, como a organização de viagens para as visitas.

Além disso, com o inside sales a prospecção é, praticamente, toda feita pela área de marketing, por meio do inbound marketing. Por isso, o vendedor pode focar em leads já qualificados e amadurecidos para o fechamento.

Como implementar o inside sales na empresa?

A implementação do inside sales requer a estruturação de processos internos de vendas, além da integração com área de marketing, inclusive no que diz respeito aos softwares de automação e CRM (Costumer Relationship Manager). Esse processo deve ser modelado de acordo com o produto e o público a que se destina.

Agora que ficou mais claro o que é inside sales, quais são os seus benefícios e como implementá-lo para complementar o seu processo comercial, você já pode começar a colocar o modelo em prática e turbinar os resultados da sua equipe de vendas.

Para você se aprofundar ainda mais sobre os recursos trazidos pela tecnologia para melhorar os negócios, entenda também o que é o marketing 4.0!