Todo gestor sabe da importância de ter conhecimento sobre o contexto econômico, social e político do país em que funciona seu negócio. Por isso, a informação é um recurso muito valioso para evitar tomadas de decisão equivocadas.

O lado bom é que, na atual indústria 4.0, é mais fácil processar e analisar dados. Se em sua empresa já existe a preocupação de transformar informações em diferencial competitivo, provavelmente você já ouviu falar de inteligência competitiva.

Mas, se ainda existem dúvidas sobre o assunto, e você quer saber quais são as vantagens desse processo e como colocá-la em prática, estamos aqui para ajudar. Continue lendo e entenda melhor!

O que é inteligência competitiva?

Também chamada de inteligência de mercado, podemos definir inteligência competitiva como o processo de pesquisa e levantamento de dados sobre o mercado e a concorrência. Ou seja, a empresa coloca um profissional — ou uma equipe — para captar informações e analisá-las com o objetivo de usar os dados sobre consumidores, fornecedores e concorrentes de maneira estratégica, orientando a tomada de decisões.

A ideia é que a organização tenha informações suficientes para se antecipar às exigências do seu mercado de atuação, a fim de ampliar suas condições de competitividade. A partir daí, torna-se mais fácil para a empresa tanto interpretar os aspectos do mercado quanto analisar seus próprios números, verificando a necessidade de ajustes.

A inteligência competitiva constitui uma ferramenta que permite aos gestores um melhor aproveitamento das oportunidades e mais clareza acerca dos pontos fracos e das ameaças. Vale destacar, no entanto, que esse processo não é o mesmo que benchmarking, que é a troca de informações entre empresas sobre produtos e estratégias da concorrência.

A intenção, nesse caso, é encontrar informações que ainda não estão explícitas nem foram completamente aplicadas pelos concorrentes. Trata-se de um modelo de gestão preditivo e proativo, capaz de auxiliar na reorientação do modelo de negócio e na definição de planejamentos e objetivos.

Fale com um especialista donaficaPowered by Rock Convert

Quais suas vantagens?

Em algumas áreas, percebemos que as ofertas dos concorrentes muitas vezes são equivalentes, sem grandes diferenciais. E a principal vantagem da inteligência competitiva é justamente promover mais conhecimento sobre os movimentos dos concorrentes, possibilitando aprendizado com seus erros e acertos.

Mais do que isso, o processo oferece ainda outras diversas vantagens, dentre as quais podemos destacar:

  • identificação de oportunidades e ameaças;
  • eficiência nas decisões;
  • minimização de surpresas negativas;
  • aumento da competitividade;
  • conhecimento relevante.

Como pode ser aplicada?

Se a ideia é obter conhecimento a respeito do comportamento de concorrentes e consumidores, o primeiro passo é ter claro conhecimento sobre sua empresa.

Para isso, é fundamental identificar quais questões são importantes no momento do seu negócio, para que o foco esteja nos aspectos que podem fazer com que ele saia à frente da concorrência. Como exemplo dessas questões, podemos citar o acréscimo de produtos ao seu catálogo, expansão no mercado, melhoria no marketing ou maior presença digital da marca.

Somente depois dessa primeira etapa e de um planejamento bem definido, deve-se investir tempo e recursos na interpretação dos dados relacionados ao contexto competitivo em que a empresa se encontra.

E aí entra a necessidade de profissionais especializados que saberão como aproveitar ao máximo os dados obtidos, transformando-os em tomada de decisões e ações rápidas.

Gostou de saber o que é inteligência competitiva e como ela pode ajudar em seu negócio? Então não vá embora ainda que temos muito mais artigos interessantes. Leia também sobre quais estratégias de SEO local você pode adotar para vender mais.